terça-feira, 6 de setembro de 2011

Café Ciência (Pav. do Conhecimento)

Esta aeroalmoçarada foi particularmente importante por três razões principais, que passo a enumerar:

1) Contou com a ilustre presença do emigrante Lorga e da sua simpática e elegante companheira latino-americana Laima, que passaram de raspão por Portugal por motivos de trabalho e lazer;

2) Contou com outra ilustre presença, a do ex e futuro emigrante João (Pequeno) Soares, que partia para as Américas na semana seguinte  (por período indeterminado mas à partida longo) para começar a sua nova vida com o seu novo bigode (que está a causar sensação entre as damas);

3) Contou ainda com a presença do Duarte, que tinha vindo a rarear devido às suas novas funções laborais e familiares, tendência esta que parece estar a desaparecer;

Contou também com a presença habitual de 3 outros aeroalmoçaradores: eu próprio, o nosso ditador fantoche Delgado e o Stone. Este último foi o seleccionador da casa de pasto - o Café Ciência, um café/self-service no Pav. do Conhecimento - tendo sido fortemente criticado pelo Lorga, que está agora habituado a comer picanha todos os dias.

Falou-se da fuga ao fisco (a propósito da fuga do João para os States), de destinos interessantes em Portugal a menos de duas horas de Lisboa (a propósito da componente de lazer da estadia do Lorga e da Laima) e certamente de outras coisas tão ou mais interessantes das quais não me lembro agora (e já é uma sorte ter-me lembrado destas duas...)

A direcção não era vasta (acho q podíamos escolher entre três pratos, que nem eram os anunciados no menu disponível na net). Eu comi um prato de salmão - escolha também do Lorga e da Laima que, certamente por causa do excesso de picanha, partilharam uma dose - que não estava grande coisa. O Delgado acho que comeu uma pasta qualquer que, apesar de (a meu ver) ter melhor aspecto que o salmão, também não convencia... Dos outros não me lembro, para variar.

E pronto.

Fim.




Sem comentários:

Publicar um comentário