quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Secret Sauce (26/02/2014, Rua da Pimenta, Parque das Nações)

Num espaço agradável e de design limpo e actual, juntaram-se os convivas Stone e Pai Natal (este vosso criado) ao impaciente Ditador Delgado (fantoche, para os amigos)
Após uma demorada e iterada revisão do menu, pediu-se espetadas de alcatra para toda a gente (enquanto se discutiu que tipo de molho secreto acompanharia carne grelhada).
O Delgado queria pedir enchidos de entrada, mas o Stone disse que "enchido já estava ele!" [o Delgado], tendo, com esta alusão à forma arredondada do Ditador, aniquilado qualquer hipótese de resposta e de esbanjamento pré-prato principal.
A conversa passou por jogos de tabuleiro, como é habitual na vizinhança do Delgado, tendo-se este lamentado pelo facto da sua prenda de Natal para si próprio ter sido roubada inadvertidamente por um familiar homónimo.
De acordo com as minhas notas, o perímetro estomacal do delgado foi referido mais umas quantas vezes.
À falta de enchidos, atacou-se o pão com manteiga (mediano) tendo-se por isso evidenciado o pão de carril que também populava a cesta (e cuja existência era desconhecida do Pai Natal).
Veio o molho secreto, tendo a sua condição de molho sido imediatamente questionada pela viscosidade/coeficiente de Newton inesperados (o molho, cuja secretez(?) não foi posta em causa, aparentava ser demasiado fluído para ser considerado).
Seguiu-se uma longa e animada discussão sobre reformas, impostos, segurança social e solidariedade social, que distraiu o estômago nos mais de 45 minutos que as espetadas demoraram a aparecer e que viria a durar até à despedida dos convivas.
As espetadas não estavam más (mas eu preferi comer a mina sem o molho secreto).
Comeu sobremesa, mas já mário me lembro qual. Provavelmente mouse de chocolate.
O repasto, apesar do preço relativamente aceitável dos pratos (cerca de 10€, se não estou em erro), ficou nuns semi-inesperados 18€, que teriam sido, com certeza, consideravelmente inflacionados não tivera o Stone impedido o consumo de enchidos a tempo.
E com esta posta quebro um silêncio vergonhoso de uma parga de meses. Espero com ela inspirar outros Aeros que padeçam de writer's block.

Sem comentários:

Publicar um comentário